Páginas

Quem você foi.












Minha imagem refletida no vidro da janela do carro era outra pessoa, não há ninguém, mas eu sinto. Eu podia sentir, sempre tive medo de que o inevitável acontecesse, com o passar do tempo eu temia, e eu simplesmente tive que reconhecer quem eu amei. Você era a sombra do passado. A única coisa a qual eu queria me agarrar sinto muito por não saber mais quem você é, e amar simplesmente quem você foi.